O BRASILEIRO QUE JOGOU NO ATLÉTICO MADRID EM 1982/83

Por um acaso, fuçando pela internet me deparei com esta história surpreendente: um brasileiro jogou handebol no Atlético de Madrid no início dos anos 80.

Seu nome é Luiz Sergio Somaio, mas nos jornais espanhóis da época que encontrei o seu nome era grafado como Sergio Somayo.

Lateral direito, chegou ao Atlético de Madrid para jogar a temporada 1982/1983, na qual o Atlético foi campeão invicto. Nessa época, a principal divisão do handebol espanhol era chamada apenas de “Division de Honor”, passando a se chamar Liga ASOBAL na temporada 90/91.

Aqui o anúncio da contratação de Somaio no El Mundo Deportivo, 1 de setembro de 1982
Aqui o anúncio da contratação de Somaio no El Mundo Deportivo, 1 de setembro de 1982
Uma foto do Atlético de Madrid tirada em 1982. Não sei se Sergio Somaio está nessa foto, se alguém reconhecê-lo, avise-nos!
Uma foto do Atlético de Madrid tirada em 1982. Não sei se Sergio Somaio está nessa foto, se alguém reconhecê-lo, avise-nos!

Segundo informação que encontrei em um jornal da época, Somaio chegou ao Atlético recomendado por ninguém menos que Domingos Bárcenas, lendária figura do handebol espanhol que foi jogador e técnico desse mesmo clube.

Ao todo jogou na Espanha por 4 anos, sendo que depois do Atlético passou pelo Caja Madrid e Leganés. Algumas lesões que arrastava desde que jogava no Brasil impediram-no de continuar a carreira por lá, e então voltou ao seu país, onde ainda continuou jogando e tornou-se professor de educação física e técnico de handebol.

Também jogou pela seleção brasileira e foi medalha de bronze no Pan de Indianápolis 1987, esse que foi o primeiro Pan em que houve competição de handebol.

Nestes tempos em que vários brasileiros estão conseguindo sucesso na ASOBAL, fica aqui a história fantástica de um pioneiro, Luiz Sergio Somaio.

 

2 comentários em “O BRASILEIRO QUE JOGOU NO ATLÉTICO MADRID EM 1982/83

  • 10/09/2014 em 01:27
    Permalink

    Excelente artículo! El entrenador era nada menos que Juan de Dios Roman, y no es Cecilio Alonso el 15? Saludos desde Argentina

    • 19/09/2014 em 14:04
      Permalink

      Hola, Bruno! Perdón por la respuesta tardía.
      El DT era Juan de Dios Roman, exactamente. Lo 15 era un norte-americano, Patrick O’neall. Cecílio Alonso era lo 3.
      Ese At.Madrid permaneció invicto en la División de Honor desde el 2 de mayo de 1982 hasta el 16 de diciembre de 1984!
      Grán abrazo!
      Fabricio

Os comentários estão desativados.