COMEÇOU A LIGA NACIONAL FEMININA 2013

Demorou mas saiu! No dia 10 de setembro começou a Liga Nacional feminina, e logo depois, no dia 26 do mesmo mês, começou a Liga Nacional masculina, as duas competições mais importantes do handebol brasileiro. Nesse post vamos falar da LNF.

A LNF será disputada por 11 equipes divididas em dois grupos. No grupo A estão as equipes do sudeste e centro-oeste: Metodista/São Bernardo (SP), Itapevi (SP), Santo André (SP), Força Atlética (GO) e Vila Velha (ES). No grupo B estão as equipes da região sul: Blumenau (SC), Concórdia (SC), Caxias do Sul (RS), Novo Hamburgo (RS), Cascavel (PR) e Umuarama (PR). Na primeira fase os componentes de cada grupo se enfrentam em dois turnos.

Quem são os favoritos? Um pouco difícil de responder, porque é difícil encontrar informações sobre os times. No site da CBHb há apenas fotos de algumas equipes sem nenhuma informação que as acompanhe. Mas o problema maior é que nem as próprias equipes possuem páginas oficiais, e se possuem estão desatualizadas. As exceções aqui são as equipes de Blumenau e Caxias do Sul, que possuem páginas oficiais atualizadas, com informações sobre as jogadoras, comissão técnica, notícias, fotos dos jogos etc.

Bem, mas pescando informações aqui e ali dá pra arriscar alguns prognósticos.

O maior favorito parece ser a equipe de Concórdia. Mantiveram a base vice-campeã em 2012 e ainda ganharam um reforço de peso, a pivô Tamires Morena, que ainda é junior mas já teve  convocação para a seleção adulta. Ótima jogadora, principalmente na defesa. Além disso, a principal atleta de Concórdia, a armadora Amanda Andrade, entre a LNF de 2012 e a deste ano foi convocada para a seleção adulta, disputou panamericano, de modo que deve ter melhorado seu jogo e sua autoconfiança. A prova desse favoritismo é que até aqui o time de Concórdia venceu todos os seus jogos.

Uma tradicional favorita seria a equipe da Metodista/São Bernardo, mas esse ano ela vem desfalcada em relação ao ano passado. A armadora Monique Bancilon foi jogar no Besançon, da França. A experiente Tayra (aqui começam as suposições e falta de informação disponível) aparentemente também deixou a Metodista, pelo menos no campeonato paulista ela não jogou. A ponta Daiane da Rocha foi jogar no Vardar, da Macedonia (mas já não está mais por lá). A Juliana Varela também não está mais na Metodista (já até jogou pelo Português do Recife no campeonato pernambucano de 2013, parece que está aguardando o desfecho de uma oportunidade de ir jogar na Europa). Só aí são quatro desfalques importantes, todas com passagem por seleção brasileira. Além disso, a pivô Debora Rodrigues está contundida e vai desfalcar a equipe por algum tempo. Com certeza esses desfalques serão compensados, mas dificilmente no mesmo nível, pois são todas jogadoras de seleção brasileira.

Blumenau contratou a experiente central Amanda Caetano e as armadoras Luciana Mendoza e Manuela Pizzo, da seleção argentina. Foram campeãs da Copa do Brasil 2013.

Santo André está com uma equipe forte, já ganhou da Metodista nas primeiras rodadas, e ganhou também de Itapevi. A julgar pela foto que está no site da CBHb, a histórica Aline “Pateta” estará reforçando a equipe de Santo André na LNF.

Itapevi também vem forte, com Patricia Scheppa (recentemente foi convocada para a seleção de quadra e vai disputar alguns amistosos na Europa), Patricia Matieli e outras.

Encerrando o grupo das minhas candidatas ao título, cito a equipe de Umuarama. Não sei muito sobre ela, mas já venceu Blumenau em uma das primeiras rodadas.

Em resumo, Concórdia é a grande favorita, e em seguida vem o grupo formado por Metodista, Itapevi, Santo André, Blumenau e Umuarama.

Enquanto não vem a LNF 2014, que segundo comentários será “turbinada” pelos novos patrocínios da CBHb, vamos curtir a liga deste ano, que já promete bastante!Imagem